segunda-feira, 8 de março de 2010

DOCETISMO

O docetismo foi um movimento altamente héretico, pois os docéticos tomava as seguintes posições: - uns diziam que Jesus não tinha um corpo verdadeiramente humano e para explicar-se laçavam mão de umas teorias sobre corpo fantasmagóricos, daí que diziam também que PARECIA que Jesus era humano, PARECIA que ele sofreu na cruz. – outros docéticos só aceitavam como verídicos alguns aspectos dos livros biográficos de Cristo negando os demais acontecimento descritos em Mateus, Marcos, Lucas e João.

Os gnosticos em geral eram docéticos, um certo Cerinto dizia que CRISTO SAIU DE JESUS UM POUCO ANTES DA CRUCIFICACAO. Outro docético, Basílides dizia que JESUS NÃO MORREU CRUCIFICADO, MAS QUE SIMAO, O CIRINEU MORREU EM LUGAR DE JESUS QUE ESCAPOU.



Segundo um primeiro lideres do cristianismo, IRINEU, o apostolo João havia escrito o livro biográfico e as cartas a fim de combater Cerinto. INACIO no inicio do segundo século no combate ao docetimos dizia: CRISTO VERDADEIRAMENTE NACEU DEMARIA, FOI REALMENTE CRUCIFICADO E CRISTO ESTAVA NA CARNE MESMO DEPOIS DE SUA RESSUREIÇÃO, NÃO ERA ESPIRITO INCORPOREO. “

Os gnosticos são doceticos por negarem a humanidade de Jesus, como também desde o séculos XIX as testemunhas de Jeová tomaram-se os doceticos dos dias modernos por negarem que Jesus ressuscitou com um corpo físico. A cristologia de Marcião era também docetica:” CRISTO MANIFESTOU-SE AQUI NA TERRA DURANTE O REINADO DE TIBERIO CESAR. APARECEU, TODAVIA, COMO FIGURA FANTASMAGORICA.”

Para combater MARCIAO, Irineu escreveu em ADVERSUS HAERESUS: “como podia ele ter sido crucificado e como podiam sangue e água ter jorrado do seu peito traspassado se não era verdadeiramente homem mas apenas tinha aparência de homem ?”

Por causa do seu conceito docético, Marcião pregava a salvação somente da alma e não do corpo. Vejam que o conceito cristologico docético acabou por influenciar o seu ensino sobre a Tanatologia bíblica os doceticos em geral foram ensinadores que não conseguiram conciliar em suas mentes a ideais de um único Deus...mas em três pessoas (hipóstases)...




Outra forma de docetismo que negava encarnação de Cristo foi a defendida por Apolinario de Laodiceia no final do quarto século, como podemos extrair do livro VOM HIMMLISCHEN FLEISCH CHRISTI de schoeps, pág 9 de 1951 e do livro EARLY CHRISTLIAN DOCTRINES de kelly, pág 294: Deus em Cristo foi transmutado em carne, e esta carne foi então transmutada pela natureza divina. De acordo com esse ponto de vista, Cristo não recebeu sua natureza humana da virgem Maria. Antes trouxe consigo do céu uma espécie de carne celestial. O ventre de Maria simplesmente serviu de passagem.






Apolinário cometeu este erro por enfatizar demasiadamente a divindade de Cristo, ele achava que Cristo só tinha uma natureza, a divina, por isso na sua concepção Cristo não tinha alma.

No final da primeira guerra mundial surgiu na Alemanha um outro teólogo com idéias extravagantes, foi KARL BARTH, entre tantas heresias ele também demonstrava conceitos docetico em sua Critologia, BARTH via nos livros biográficos [chamado erroneamente de evangelhos] como uma ilustração do verdadeiro Evangelho. Barth negava a autenticidade. de varias narrativas das Escrituras.

12 comentários:

  1. Primeiramente ao adentrar nesta página reconheço seu valor e a importância de seu autor para a nobre causa do Senhor Jesus Cristo.
    Dito isso, quero convidar você que está lendo estas minhas palavras, a prestar um pouco mais de atenção as revelações do Espírito Santo Verdadeiro em nossos dias.
    Por se tratar de um assunto de interesse universal, pediria sua amável atenção, em uma breve, mais com certeza, produtiva visita ao nosso blog, onde estão depositadas Revelações do Senhor Jesus Cristo, para as quais peço encarecidamente que nos ajude a divulgar. Pois estamos vivenciando um memento muito sensível da palavra profética. Desde já suplico as bênçãos do Pai, do Filho e do Espírito Santo Verdadeiro sobre todo aquele que atender esse nosso chamado em nome do Senhor Jesus Cristo. Clique em martins111 - João Joaquim Martins. OU http://joaorevela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. O Docetismo moderno surge em 2010 com a publicação do
    livro: "O Buscador da Verdade",
    pelo escritor André Luiz Martins. O Livro pode ser adquirido pela
    Agbook acessando:
    http://www.agbook.com.br/book/25383--O_BUSCADOR_DA_VERDADE ,
    ou lê-lo gratuitamente no meu blog

    ResponderExcluir
  3. O Gnosticismo da Magia do Fogo Sagrado Sexual é pura Gnose, Conhecimento de Sabedoria...
    Este foi o mais profundo ensinamento secreto de Jesus, o Cristo, o qual ensinou que, para obter o Reino dos Céus, necessário seria nascer de novo, pela Água e pelo Espírito.
    A Água, dentro dos seus ensinamentos secretos, é a Água Viva Seminal Espermática que não deve ser ejaculada, porém, conservada para ser banhada pelo Fogo Sagrado Sexual do Espírito Santo Humano... A consequência da transmutação da Água Viva Espermática não derramada por ausência de orgasmo, com o Fogo Sagrado Sexual do Espírito Santo Humano, gera a criação de Corpos Solares, que primeiramente nascem como criancinhas benditas, predita por Jesus, pois delas são o Reino dos Céus...
    Nossos corpos são Lunares, e necessário, conforme os ensinamentos secretos de Jesus, que nasçam outra vez em Corpos Crísticos Solares...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. filho vc é maluco, que teoria doida meu

      Excluir
    2. Tem que postar como anônimo mesmo. Uma heresia destas. Se esperma tivesse algo de divino Deus não teria criado o homem da terra.

      Excluir
    3. Quanta besteiras este anônimo escreve, caramba comparar o nascimento espiritual com relação sexual é não saber em que mundo este sujeito se encontra. primeiro nós nascemos em pecado nessa ejaculação, por causa que herdamos o pecado, mas precisamos nascer de novo esta bem claro na bíblia e pela boca de Jesus dita, isto é espiritual meu caro, precisamos nascer para Cristo, e água é a Palavra de Deus, e o Espirito é a segunda pessoa de Deus. para com estas filosofia gnóstica, que você vai ficar maluco e não vai ter uma resposta coerente vai ficar sempre buscando nos cósmico, e quem comanda o cósmico hoje é Satanás.

      Excluir
    4. estou de boca aberta não acredito esse camarada e´maluco

      Excluir
  4. Corretíssimo,tranformação pela água e pelo fogo,este último o próprio sexo ... Maluco nada ... valeu ...

    ResponderExcluir
  5. - JESUS CRISTO É O PRÓPRIO DEUS, COMO A BORBOLETA É A MESMA LAGARTA...

    - QUEM NÃO CRÊ ASSIM, É POR QUE NASCEU PARA VIVER NA MESMICE DA IGNORÂNCIA!


    "...até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados..."

    Mateus 10:30

    ResponderExcluir
  6. Gostei do artigo.

    Não pretendo criticar ou duvidar do que foi escrito, ainda que duvide não tenho motivos para expor, embora não seja o caso.... enfim, tenho uma dúvida sobre o docetismo de Apolinário.

    Tendo Cristo adquirido seu corpo carnal de Maria, como explicar um Cristo sem pecado? O pecado não é, portanto, necessariamente herdado por nós? Se não for, todos somos, quando nascemos, tão puros quanto Cristo?

    Novamente reforço, não quero de forma alguma criticar. Só fiquei curioso para saber mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro colega, o nascimento de Cristo foi diferente do nosso. Jesus nasceu como homem para justamente vencer o pecado, pois nós já herdamos o pecado, Jesus não ele é Deus, e por isso veio vencer a nossa natureza caída, por isso temos que crer que Ele era 100 por cento homem e 100 por cento Deus mas sem misturar estas natureza, Cristo não pecou em nada e para provar isto ele tinha que nascer e viver como nós, possuidores de uma alma, se não vira esta filosofias doidas do docetismo e Apolinarismo. Espero ter te ajudado um abraço.

      Excluir
  7. Na verdade este homem precisa e conher a JESUS CRISTO NOSSO GRANDE SALVADOR E nacer de novo

    ResponderExcluir